DHEAUSA.COM


Français


English


Русский


Español


Português


Deutsch


Italiano


Swedish


Dutch


日本語
 
 
Merchant Services

     
 

Página principal

 
 

Contato

 
 

Termos e condições

 
 

Formulário seguro
de compra

 
 

- - -  Produtos  - - -

 
 

DHEA

 
 

Melatonina

 
 

Symbiotropin

 
 

Meditropin

 
 

Testron SX

 
 

ProDHEA Creme

 
 

Creme de Melatonina

 
 

ProGen Creme

 
 

Glucosamina e Condroitina

 
 

-  Informação  -

 
 

Benefícios de DHEA

 
 

Qualidade

 
 

A história do DHEA

 
 

Comentários dos pacientes

 
 

Testemunhos dos doutores

 
     

 

Menopausa

 
Vários aspectos da menopausa têm sido estudados usando o DHEA como tratamento, tais como dor vaginal, osteoporose, afrontamentos, distúrbios emocionais como fadiga, irritabilidade, ansiedade, depressão, insônia, dificuldades em concentração e memória, ou diminuição de desejo sexual (que pode ocorrer perto do tempo de menopausa). 

Ao redor dos 50 anos de idade, mulheres passam pela menopausa, ou cessação da menstruação. Este período é perceptível pela rápida diminuição nos níveis dos hormônios sexuais, incluindo estrogênio, DHEA, testosterona, pregnenolona e progesterona.

Várias doenças têm sido relacionadas à menopausa, a rápida perda da proteção hormonal, incluindo doenças cardíacas e osteoporose. Muitos dos sintomas da menopausa são devido à perda de estrogênio, há também efeitos colaterais associados com a diminuição do DHEA e testosterona entre as mulheres na menopausa.

 

Estudos Clínicos

  • P. Casson e seus pesquisadores conduziram um estudo duplo-cego de 3 semanas em 11 mulheres na pós-menopausa tomando 50 mg de DHEA. Eles notaram que o linfócito-T que liga a insulina e a sua degradação aumentaram com DHEA. Uma melhora na ligação de linfócitos-T e insulina e sua degradação é um marcador definido previamente como sensibilidade insulínica.

  • G.W. Bates deu 50 mg de DHEA durante 3 semanas para 15 mulheres na pós-menopausa com idade média de 62 anos. Eles concluíram que a suplementação de DHEA em mulheres na pós-menopausa pode diminuir resistência insulínica relacionada à idade.

  • Uma dose de 30 mg a 50 mg por dia melhorou humor, senso de bem-estar, apetite sexual e atividades entre as mulheres com insuficiência adrenal.
     

  • Uma pesquisa a longo prazo em mulheres acima dos 60 anos de idade relatou aumento significativo na densidade mineral óssea.
     

  • Um estudo em mulheres entre as idades de 70 e 79 mostrou melhora no desejo sexual, excitação e prazer.
     

  • Um time italiano conduziu um estudo de 12 meses em 20 pacientes saudáveis e na pós-menopausa que não estavam tomando reposição hormonal, entre as idades de 50 a 60 anos. Os pacientes foram divididos em 2 grupos grupo:
    A (10 participantes entre as idades 50-55 anos) e o grupo B (10 participantes de 60-65 anos). Todos pacientes tomaram 25 mg de DHEA por dia durante 12 meses. O grupo A demonstrou níveis mais altos de DHEA, DHEAS, testosterona,
    e beta-endorfina do que o grupo B. Mudanças significativas nos níveis endócrinos foram observadas durante a terapia.
    O tratamento com DHEA eliminou as diferenças endócrinas observado no patamar dos dois grupos. Os níveis da testosterona e da diidrotestosterona plasmática, e dos níveis de plasma E 1 e E 2 aumentaram nos dois grupos. Toda concentração da pregnanolona e da beta-endorfina também aumentaram significantemente nos dois grupos. Os níveis plasmáticos do cortisol diminuíram durante a pesquisa. Os dois grupos tiveram redução dos níveis plasmáticos
    do LH e FSH.  Os níveis dos GH (hormônio do crescimento) e do IGF-1 aumentaram nos dois grupos.
    O suplemento do DHEA não induziu nenhuma mudança no espessamento endometrial. O estudo demonstra a eficaz da administração de baixa dose do DHEA dos parâmetros endócrinos e psiconeuroendócrino na fase precoce e tardia da menopausa.
    A pesquisa também confirma que uma baixa dose de DHEA aumenta os níveis plasmáticos andrógenos adrenais, que são significantemente diminuídos durante a menopausa. Estes dados apóiam e confirmam que o DHEA deve ser considerado um composto válido para terapia hormonal em mulheres na pós-menopausa e não só como um suplemento dietético.

 

 

 

 




  Copyright 2001- 2017 © DHEAUSA.COM   All rights reserved.