DHEAUSA.COM


Français


English


Русский


Español


Português


Deutsch


Italiano


Swedish


Dutch


日本語
 
 
Merchant Services

     
 

Página principal

 
 

Contato

 
 

Termos e condições

 
 

Formulário seguro
de compra

 
 

- - -  Produtos  - - -

 
 

DHEA

 
 

Melatonina

 
 

Symbiotropin

 
 

Meditropin

 
 

Testron SX

 
 

ProDHEA Creme

 
 

Creme de Melatonina

 
 

ProGen Creme

 
 

Glucosamina e Condroitina

 
 

-  Informação  -

 
 

Benefícios de DHEA

 
 

Qualidade

 
 

A história do DHEA

 
 

Comentários dos pacientes

 
 

Testemunhos dos doutores

 
     

 

Memória


Estudos têm sugerido que a administração de DHEA pode melhorar o desempenho de memória assim como a plasticidade neuronal.

Em estudos feitos em laboratórios, o DHEA tem mostrado melhorar medidas da função cognitiva, tais como memória. Desequilíbrios anormais no cérebro entre o DHEA –S e o cortisol têm mostrado diminuir a função do cérebro.

 

Estudos Clínicos

  • Em um estudo medicinal, 31 pessoas idosas com falta de memória foram dadas suplementos de DHEA durante 3 meses. Não houve nenhum efeito colateral, quando comparado com pacientes semelhantes que receberam somente placebo, aqueles tomando DHEA tiveram um melhor desempenho em testes sobre função mental e memória.
     

  • Um relato de caso em 1990 com uma mulher de 47 anos de idade e com histórico de 20 anos de tratamento refratário de aprendizagem e disfunção de memória com baixo patamar de DHEA-S (177). Ela demonstrou melhora na recordação verbal, recognição e normalização no EGG e no eletrofisiológico cerebral P300 em resposta da utilização de 12.5 mg/kg
    a 37 mg/kg de DHEA por 2 anos.
     

  • Em contraste com os efeitos não-benéficos de DHEA sobre a memória em idosos, um estudo aleatório na Inglaterra constatou que em um curso de 7 dias de DHEA (150 mg duas vezes ao dia) melhorou memória episódica em homens jovens e saudáveis. Neste estudo, o DHEA também mostrou uma melhora sobre o humor subjetivo e diminuição na concentração noturna de cortisol, que é conhecido por ser elevado durante estado depressivo. O efeito do DHEA sobre
    a memória parecia estar relacionado a uma rápida ativação do córtex cingulado anterior (ACC) e, foi sugerido que isto foi devido ao recrutamento de neurônios do ACC de esteróides sensíveis que possam estar envolvidos no processo de memória pré-hipocampais.
     

  • O efeito do DHEA no processo de decisão na recognição da memória e discriminação em mulheres em pós-menopausa. Uma pesquisa dupla-cega de 8 semanas, controlada por placebo foi conduzida em 30 mulheres entre as idades de 39 a 70 anos que receberam 50mg/dia de dose oral de DHEA durante 4 semanas. Foi demonstrado que o DHEA fez os sujeitos mais conservados (i.e., menos provável de chamar itens nos testes de "velho") na sua decisão da memória de recognição e melhora na discriminação da memória de recognição para os itens apresentados brevemente. O antigo resultado pode refletir uma regularidade empírica em que as experiências recentes e fortes na memória tornam os participantes mais conservadores. O resultado mais tarde pode refletir no efeito do DHEA na percepção visual com os efeitos conseqüentes na memória. Estes resultados sugerem que a importância da metodologia de focar no processo de decisão ao examinar os efeitos dos hormônios na memória.

 

 

 

 

 

 

 

 




  Copyright 2001- 2017 © DHEAUSA.COM   All rights reserved.