DHEAUSA.COM


Français


English


Русский


Español


Português


Deutsch


Italiano


Swedish


Dutch


日本語
 
 
Merchant Services

     
 

Página principal

 
 

Contato

 
 

Termos e condições

 
 

Formulário seguro
de compra

 
 

- - -  Produtos  - - -

 
 

DHEA

 
 

Melatonina

 
 

Symbiotropin

 
 

Meditropin

 
 

Testron SX

 
 

ProDHEA Creme

 
 

Creme de Melatonina

 
 

ProGen Creme

 
 

Glucosamina e Condroitina

 
 

-  Informação  -

 
 

Benefícios de DHEA

 
 

Qualidade

 
 

A história do DHEA

 
 

Comentários dos pacientes

 
 

Testemunhos dos doutores

 
     

 

Lúpus Eritematoso Sistêmico


Lúpus eritematoso sistêmico, popularmente conhecido como lúpus, é um distúrbio autoimune. Doenças autoinume é um grupo de condições em que as células de defesa do corpo atacam uma parte de seu próprio corpo porque o sistema imunológico acredita que aquela parte do corpo é estranha.  

O DHEA melhora os níveis de estrogênio e testosterona no corpo, que tem uma parte importante no papel de reforçar o sistema imunológico. Sendo que o distúrbio de lúpus é considerado uma doença autoimune, o DHEA é benéfico ao tratamento de lúpus por fornecer apoio imunológico. Também tem sido observado que os níveis de estrogênio e de testosterona são frequentemente desequilibradas em mulheres com doença de lúpus. Os suplementos de DHEA podem restabelecer o equilíbrio e contribuir para o tratamento de lúpus.

O DHEA pode também ser usado para tratar os sintomas da doença de lúpus, proporcionando alívio imediato enquanto a própria doença vai diminuindo. O DHEA reduz a produção de citocinas inflamatórias como as citocinas IL-4, 5 e 5, que podem causar os sintomas mais comuns da lúpus. DHEA também tem um papel importante em aumentar a produção das citocinas IL-2, um antiinflamatório que pode reduzir os sintomas da lúpus.

A maioria dos estudos clínicos que pesquisam os efeitos de DHEA sobre a lúpus eritematoso sistêmico apóiam sua utilização como um tratamento adjunto.

 

Estudos Clínicos

  • Um estudo duplo-cego, controlado por placebo, conduzido em 120 mulheres com lúpus eritematoso sistêmico (LES) mostrou que 200 mg de DHEA por dia pode diminuir significativamente os sintomas da doença.
     

  • Um estudo da Genelabs, conduzido em 191 mulheres com lúpus em 27 clínicas médicas, mostrou que as mulheres que estavam tomando 200 mg de DHEA poderiam reduzir sua dose diária de Prednisone e ainda ter um alívio equivalente de dor, inflamação e fadiga. As mulheres também relataram uma melhora geral de bem-estar.
     

  • O Genelabs patrocinou um estudo de um ano conduzido em vários centros de pesquisas em 370 mulheres com lúpus.
    A pesquisa consiste se o GL701 também pode melhorar ou estabilizar as atividades da doença, tais como erupções cutâneas e freqüência das erupções. A pesquisa termina em breve e, os pesquisadores estão otimistas que a prescrição de DHEA como um medicamento para tratar lúpus pode ser aprovado dentre de 2 ou 3 anos para ser utilizado em casos leve a moderado. A forma GL701 de DHEA não está disponível fora da pesquisa.

 

 

 

 

 

 

 

 

 




  Copyright 2001- 2017 © DHEAUSA.COM   All rights reserved.